download (16).jfif

O Capítulo Geral Ordinário dos Frades Menores Conventuais elegeu, sábado, 25 de maio, o argentino Irmão Carlos Alberto Trovarelli, OFM Conv., Ministro geral, que assim se torna o 120º sucessor de São Francisco de Assis. Depois de aceitar a nomeação e confiar-se ao Senhor e aos frades, Frei Carlos acompanhou seus irmãos capitulares ao túmulo de São Francisco, cantando o Tedeum. Diante dos restos mortais do santo de Assis, ele fez sua profissão de fé e jurou obediência ao Papa e à Santa Igreja. No centro do pensamento do novo Ministro geral estão: “a fraternidade, a reestruturação da Ordem, a atualização do estilo de vida, um olhar para a sociedade e nos perguntar o que esta sociedade pede de nós franciscanos”. “É uma honra ser o sucessor de São Francisco e ser o pai de uma grande Fraternidade. Pedi ao santo de Assis a ajuda do seu espírito. Enquanto pedirei aos pais que trabalhem e pensem juntos, que olhem sempre para o Evangelho e para a forma como São Francisco viveu o Evangelho ”, expressou ele em uma de suas primeiras declarações. Fray Carlos nasceu em 21 de junho de 1962 em Cinco Saltos, Río Negro. Depois de estudar Engenharia Industrial durante três anos, entrou na Ordem Franciscana Conventual como postulante em fevereiro de 1984, em La Reja, Moreno, onde posteriormente se tornou formador, e depois do noviciado em Fray Bentos, Uruguai, fez a profissão temporária em 1986 Emitiu a profissão perpétua em 1990 e foi ordenado sacerdote em 1995. Na Argentina, estudou filosofia e teologia no Centro de Estudios de Filosofía y Teología, CEFyT de Córdoba, no Colégio Máximo de San Miguel e no Seminário Diocesano de Morón. Seu Bacharelado em Teologia Ele obteve o Bacharelado em Teologia com especialização em Liturgia Pastoral, concedida pelo Instituto de Liturgia Pastoral de Pádua. Como parte de seu trabalho para os franciscanos, serviu na Argentina e no Uruguai, onde foi Mestre de Noviços e Definidor Provincial. Já em Buenos Aires, foi Ministro Provincial por dois períodos, até 2015. Desde 2015 foi assistente geral no Governo da Ordem para a Federação Conventual da América Latina, que inclui as províncias, custódias e delegações que incluem Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala , Honduras, México, Nicarágua, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.